Dois Lugares Mágicos: Bath e Stonehenge – Intercâmbio Londres 2013

Durante meu período em Londres eu aproveitei uns dias de folga para conhecer outras cidades, em um sábado fiz uma excursão para a cidade de Bath e na volta passamos por Stonehenge. Bath é uma cidade do século I e é conhecida por ter um templo romano com piscinas de água quente, o Roman Bath, ou melhor, casas de banho romanas. A cidade é reconhecida como um Patrimônio cultural da Humanidade pela UNESCO e, dizem que, suas águas são milagrosas.

O lugar é maravilhoso, as construções são antigas e muito bem preservadas, a abadia de Bath foi construída em 1499, e a Ponte Pulteney é considerada uma das pontes mais bonitas do mundo. 180 km a separam de Londres, então, se você tiver tempo livre vale muito à pena conhecer. A cidade exala história, e eu como brasileira me senti estranha por estar em uma cidade que é mais antiga que meu próprio país. A minha percepção do tempo histórico mudou completamente, pois percebi – fisicamente (completamente, diferente dos livros) – que existiu tanta história antes de mim, tantas pessoas andaram por aquelas ruas, dentro de todos os tipos de roupas e tinham seus próprios conflitos internos e problemas externos, como nós, hoje em dia. A energia da cidade é esmagadora, foi um passeio muito intenso, cheio de aprendizados.

Stonehenge um lugar mágico

Stonehenge é o tipo de lugar que a gente não imagina que vai um dia conhecer. Cheio de histórias e mistérios, esse monumento foi criado a mais de 3000 anos antes de cristo, e não se sabe quem construiu, nem o motivo da construção. Alguns dizem que é apenas um calendário astronômico, outros dizem que foi um observatório alienígena. A energia do lugar é impressionante, e fica pertinho de Bath, conheci os dois no mesmo dia. Perfeito para quem “pira” em histórias de seres extraterrestres e adora teorias da conspiração.


Intercambio Londres 2013 – Guia Completo:


1. Intercâmbio, Londres 2013 – Primeiras impressões

2. Minha experiência na Universidade de Artes de Londres

3. Os melhores bairros para passear em Londres.

4. Brighton e sua praia de pedrinha!

5. Dois Lugares Mágicos – Bath e Stonehenge.

Visitando Brighton e Sua Praia De Pedrinha – Intercâmbio Londres 2013

Brighton é uma cidade litorânea próxima a Londres que vibra cultura, alegria e juventude, então, aproveitei um fim de semana livre e fui conhecer a famosa praia de pedrinhas. Cheguei em Brighton de trem – que sai de hora em hora das estações Victoria e London Bridge -, a passagem custa em média 17 libras. Chegando lá fiz tudo à pé.

O clima não é dos melhores, então é difícil dar um mergulho no mar, mas a cidade compensa com muitas outras atividades. No pier tem muitos restaurantes, música ao vivo, brinquedos temáticos e um carrossel a beira mar. A cidade também tem uma roda gigante, um museu de arte (Brighton Museum & Gallery), um castelo não convencional – que parece ter sido importado da Índia (Brighton Royal Pavilion) – e o centro de compras mais legal que vi na Inglaterra: The Lanes, que são vielinhas cheia de lojas de antiguidades, coisinhas alternativas e lembranças. O melhor de Brighton são os brechós, cada rua que passei tinha um, e todos eram muito bons! Encontrei roupas super bacanas com o preço ótimo.

Brighton Pier

Maior atração da cidade, com 800 metros de extensão, cheio de restaurantes, cafés e até um parque de diversões. É o grande centralizador da cidade.

Brighton Museum & Gallery

Diversas exposições, custa 5 libras para entrar.

Brighton Royal Pavilion

A Brighton Royal Pavilion foi construída para ser a casa de Campo do Príncipe de Gales no século 18. Chama a atenção por sua arquitetura oriental que foge dos padrões europeus.  


Intercambio Londres 2013 – Guia Completo:


1. Intercâmbio, Londres 2013 – Primeiras impressões

2. Minha experiência na Universidade de Artes de Londres

3. Os melhores bairros para passear em Londres.

4. Brighton e sua praia de pedrinha!

5. Dois Lugares Mágicos – Bath e Stonehenge.

Os Melhores Bairros Para Passear em Londres – Intercâmbio Londres 2013

Londres é uma cidade imensa, como se fosse uma São Paulo elegante, cheia de bares, lugares, lojas, uma cidade que não dorme. Muita agitação, muito conteúdo, muita coisa para ver e fazer. No meu tempo livre eu andava por Londres para descobrir coisas novas. Entre todos os bairros maravilhosos que estive três deles me chamaram a atenção: Camden Town, Notting Hill e Covent Garde, bairros bem conhecidos, que apesar de estarem na mesma cidade são bem diferentes.

Escrevi sobre cada um deles abaixo:

Camden Town

Um bairro bem badalado, sempre cheio de turistas, e é, com certeza, o lugar que você vai ver todo o tipo de coisa e gente. Escutei muito português, espanhol, inglês, e diferentes tipos de idiomas. Camden é um dos bairros mais turísticos de Londres e o que atrai pessoas para essa região são os seus mercados. Cinco mercados diferentes que encontrei artesanato, marcas locais, comidas tipicas de vários países, antiguidades, livros, objetos de decoração e muito mais. Claro que, como em todo mercado, temos que garimpar. Tem muita coisa boa e, também, muita coisa ruim. Camden era o centro da cultura alternativa de Londres, abrigou punks, góticos, metaleiros, que ainda estão por lá. Reserve o dia inteiro para andar por lá, pois tem muito para ver. Se quiser fugir da bagunça vá em um dia da semana.

Como chegar em Camden Town: 

Estações de metro Camden Town e Chalk Farm Station, ambas na Northern Line (preta). 

Notting Hill 

Um bairro super simpático, cheio de casas coloridas, arquitetura elegante e simples, perdi a oportunidade de tirar mais fotos, mas afirmo, esse bairro é completamente diferente de Camden… são opostos. Mas eles tem uma coisa em comum, os mercados de rua. Em Notting Hill a estrela é o Portobello Road Market, cheio de antiguidades, comidinhas gostosas e acessórios. É, com certeza, um dos melhores lugares para se fazer compras em Londres, para quem gosta de brechós e coisas antigas como eu, simples, menor – que os de Camden – e com certeza mais fácil de encontrar coisinhas fofas. Ele acontece todo sábado e é perfeito passear por lá. Além do mais, os prédinhos coloridos, as ruas que parecem cenários de filmes, estão sempre lindas e limpas. Notting Hill é um bairro muito charmoso e acolhedor, senti uma vontadezinha de morar ali.

Como chegar em Notting Hill:

Desci na estação de metrô Notting Hill Gate, que fica nas linhas Central, District e Circle (Vermelha, verde e amarela), e depois segui o fluxo de pessoas, que por sorte estavam indo para o Portobello Road Market. Sempre que viajo gosto de ficar solta e não seguir caminhos pré determinados e esbarrar em coisas legais durante o processo.

Covent Garden

Covent Garden é meu bairro preferido de Londres, pois está cheio de teatros, paralelepípedos, flores, plantas, pessoas, lojas e pracinhas. Todos os dias depois da aula ia andando até la, para ver as lojas, os artistas de rua, as casas, as artes. Sempre lotado de gente, é um bairro extremamente turístico e conhecido, é lá que acontece as super estréias do cinema em Londres.


Como chegar em Covent Garden:

Estação Covent Garden, Piccadilly Line (Azul escuro).


Intercambio Londres 2013 – Guia Completo:


1. Intercâmbio, Londres 2013 – Primeiras impressões

2. Minha experiência na Universidade de Artes de Londres

3. Os melhores bairros para passear em Londres.

4. Brighton e sua praia de pedrinha!

5. Dois Lugares Mágicos – Bath e Stonehenge.