Quando este conto terminar já estarei morta – Mini conto #1

Minhas mãos estão suando, não consigo respirar, está acontecendo algo inexplicável dentro de mim. A morte. A morte da alma. A morte da vida. O corpo que apodrece e fede. Pessoas que não vejo há anos estarão lá dizendo: Uma mulher tão boa, pena que era doente. Hipócritas. Eu fui uma cuzona por anos, não queria ninguém próximo, nem ajuda, nem carinho. Quero desaparecer.

Um calor.

Recobro a memória, estava nadando em uma praia de água azul. Tomei uma bebida esverdeada e esmeraldas caíram sobre mim. Uma delas era tão grande que fez minha testa sangrar. O sangue escorria e fluía, Eu nadava neste líquido quente e vermelho: peito, borboleta, crawl.

Stop! Don’t speak in english with me.

Sou só uma criança querendo ir para casa, para os braços da minha mãe que morreu em mil novecentos e vinte e três de malária. Olho para as minhas mãos e vejo elas enrugadas como a de uma bruxa de contos de fadas. Olho no espelho e vejo: sou a bruxa. Sou uma velha enrugada de nariz grande e pontudo.

Grito!

Sussurro.

A senhora está bem? pergunta uma menina de roupa branca. Que pele macia e esticada. Eu sou assim também, eu preciso ser assim. Então digo: Você é tão linda, minha filha. Mas as palavras não saem. Eu grito mas as palavras não saem. Preciso fugir para onde me entendam. Sim, minha mãe, quero a minha mãe.

Quero ver minha mãe! Me levem para a minha mãe!

Definho, estou magra, velha, perdida, não penso, não falo, não mecho meus membros. Socorro! Apago, acordo, apago, acordo, apago, acordo. Até que não acordo mais, nunca mais. Não nesta dimensão, o corpo físico é só receptáculo de energia.

O corpo morre mas a alma ressoa para sempre.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: