Desabafo de uma jovem escritora, ou, como comecei a escrever

Eu escrevo. Sempre escrevi. Quando tinha doze anos eu escrevia um blog sobre as gêmeas Olsen, meu icone máximo. Depois passei a escrever sobre moda. Eu amava moda, achava que poderia mudar o mundo com ela. Meu sonho era ser jornalista de moda. À la Suzy Menks, nunca Anna Wintour. Ou estilista. Então, escolhi, feliz, Design de Moda como faculdade. Porém, descobri na moda brasileira um ctrl-c, ctrl-v, que variava de acordo com o mercado. Uma emaranhado de possibilidades barradas e falta de criatividade. Enquanto estava entre empregos que não gostava, abria páginas no Word decidida a escrever um livro. Isso demorou para acontecer. Foi no final de 2018, lutando contra a depressão que deixei a moda de lado, com um dinheiro guardado decidi morar fora para reconhecer minha cidadania italiana, outro sonho antigo. No período em que fiquei na casa dos meus pais, esperando a documentação ficar pronta, encontrei uma oficina gratuita de escrita criativa. Minha mente explodiu. Comecei a escrever ficção. As palavras saiam com tanta fluidez. Meu deus!. Eu consigo fazer isso, pensei. Eu vou fazer isso, pensei. Comecei com contos. Depois poesias, expelidas de mim em meio a incertezas. Iniciei um romance. Fui morar fora. Continuei a escrever. Voltei, já querendo voltar, talvez para Dublin, ou Berlim. Fiz um curso de formação de Sommelier de cerveja para encontrar emprego com mais facilidade quando voltasse. Pandemia. Fiquei presa no Brasil e decidi me dedicar ao meu livro e as minhas leituras. Criei este Instagram. Terminei o livro que havia começado em 2019. Comecei a pós. A vida continua e o resto vocês verão aqui.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: