Resenha: Se deus me chamar não vou de Mariana Salomão Carrara

Maria Carmem é uma menina de 11 anos sentada em frente a um computador contando a história de seu breve ano. Seus pais são donos de uma loja de velhos, uma loja que vende produtos ortopédicos. Ela passa o dia na loja com eles. É uma menina inteligente que sonha em ser escritora, por isso inicia este relato divertido e, também, triste. Ela só tem tamanho, como a mãe sempre diz, e está fora do padrão estético, por isso os coleguinhas zombam dela na escola. Em casa não recebe muita atenção dos pais. Ela experimenta desde muito nova a solidão. Maria Carmem relata seu dia a dia na escola, sua paixonite por Carlos e a amizade com a vizinha adolescente que odeia sexo. A personagem narradora também conta sobre a entrada de Leo na vida dos pais. Maria Carmen viu Leo na televisão dando dicas de como como vender mais, como os pais sempre reclamavam de grana ela mandou um e-mail para ele que apareceu na loja de velhos e acabou se aproximando da família.

Esse livro mexeu comigo pois lembro de me sentir como Maria Carmem quando tinha sua idade. Sentia que não pertencia e passei por situações parecidas, como a falta de amiguinhos e o sentimento constante de que ninguém iria gostar de mim, pois não era bonita como as outras meninas. A solidão na infância é uma coisa muito real e devemos conversar mais sobre isso com os pequenos e ensinar eles a não zoar o amiguinho. Se deus me chamar não vou é um livro sensível, divertido e delicado. A leitura é gostosa, Maria Carmem tem um humor ácido e os acontecimentos são interessantes. O final é lindo e muito bem pensado. Adorei!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: